O consumo de Whey Protein associado à prática esportiva está cada vez mais popular. Nutricionistas receitam, treinadores recomendam, atletas utilizam e sentem seus efeitos na estética e no desempenho muscular. Mas afinal, você conhece todos os detalhes desse suplemento? Acredite, ele pode oferecer muito mais benefícios do que você pode imaginar!

  • O que é o Whey Protein?

Sabe aquele líquido que sobra durante o processo de transformação do leite em queijo? Ele é conhecido como o soro do leite. Para transformá-lo no suplemento que conhecemos, esse líquido passa por processos de filtragem que tem o objetivo de remover os constituintes não proteicos, resultando em concentrações de proteínas que podem variar de 25 a 95%. O curioso é que durante muito tempo esse soro era considerado um subproduto sem utilidade, e por isso acabava sendo desprezado pela indústria de alimentos. Quando resolveram estudar as características dessa substância, tiveram uma grata surpresa.

  • Quais são os benefícios do Whey Protein?

O Whey Protein é uma proteína que apresenta um excelente perfil de aminoácidos, principalmente os BCAA’s, que são os aminoácidos de cadeia ramificada. Além disso, o Whey promove uma rápida absorção pelo organismo em comparação a outros tipos de alimentos. Por isso seu consumo é mais indicado após a atividade física, já que é nesse momento em que o seu corpo está mais suscetível a receber os nutrientes necessários para os processos de recuperação e construção muscular, complementando o trabalho exercido durante o esporte. O perfil de aminoácidos e a rápida absorção contribuem para que o Whey Protein apresente um elevado valor biológico, credenciando-o como a proteína mais completa existente. O valor biológico é uma unidade de medida desenvolvida para classificar as diferentes fontes de proteína disponíveis, e dentre carnes, peixes, frangos, ovos e outras fontes, o Whey ocupa a posição mais alta dessa escala. Além desses fatores, o Whey Protein também pode oferecer outros benefícios à saúde. Estudos recentes relacionam o consumo desse suplemento ao aumento da imunidade, prevenção de doenças, ação anti-oxidante e melhora da pressão arterial, dentre outros.

  • Como e quanto tomar Whey Protein?

Você pode encontrar o Whey em barrinhas de proteínas, shakes e até em sorvetes. No entanto, a forma mais comum e mais pura é o suplemento em pó, e nesse caso deve ser misturado com água. É claro que também é possível misturá-lo com leite ou frutas, mas devemos considerar o aporte de nutrientes que esses outros ingredientes irão proporcionar, como por exemplo a gordura do leite. A dose recomendada gira em torno de 20 a 30g, dependendo das necessidades nutricionais de cada um. No entanto, é fundamental consultar um médico ou nutricionista antes de incluir o Whey Protein na sua dieta. Somente um profissional qualificado poderá dizer qual o consumo mais indicado para o seu caso.

  • Quais são os tipos de Whey Protein?

Há alguns tipos de Whey Protein disponíveis no mercado, que diferem pelo processo de filtragem a que são submetidos. Cada processo resulta em níveis de concentração e pureza distintos, além de outras características peculiares. Você já deve ter ouvido falar no Whey Protein Concentrado, Whey Protein Isolado ou Whey Protein Hidrolisado, certo? Não? Tudo bem, não se preocupe. Preparamos um material detalhado sobre cada um deles, mas deixamos para assuntos dos próximos posts. Enquanto isso, você pode conhecer um pouco sobre cada um desses produtos na nossa loja 😉

Bons treinos!

 

Comentários

Comentários